quinta-feira, 27 de março de 2014

The Addams Family


The Addams Familly (mais conhecido como A Família Addams) é originalmente uma série de televisão americana, exibida por volta dos anos 60. A série teve como base os personagens criados por Charles Addams na década de 1930.

Três filmes foram criados a partir dessa série, a propósito, só conheci a mesma graças a tais filmes, já que eu assistia bastante os mesmos quando criança, foi daí que surgiu a inclinação que possuo desde pequeno pela encantadora Wednesday Addams.




A Família Addams é uma família bastante exótica, sentem atração pelo obscuro e por coisas que a maioria das pessoas geralmente teriam medo. A família é composta por Gomez Addams, um homem bastante rico e extremamente apegado a sua sombria esposa Mortícia Frump Addams. Wednesday Addams, a filha do casal, é uma garota bastante mórbida e sádica, que adora fazer brincadeiras no mínimo macabras com seu irmão Pugsley Addams, o mesmo é submetido a diversos tipos de tortura pela irmã. A garota é bem diferente das outras garotas de sua idade, e não demonstra ter compaixão, pelo contrário, demonstra total desprezo pelo comportamento de certas pessoas, enfim, definitivamente encantadora.

Não podemos esquecer da vidente Grandmama Addams, a mãe de Gomez, e o adorado tio Fester Addams, sem falar no mordomo Lurch, que possui uma aparência bastante semelhante à do mostro do dr. Frankenstein, e Thing T. Thing, uma mão desmembrada do corpo que está sempre ao lado da família.


A Família Addams além da série, fez sucesso nas telas com três filmes:


The Addams Family (1991)



Os Addams, uma família bastante macabra, correm o risco de perder seu tesouro de moedas de ouro, pois Tully Alford, um advogado desonesto de quem os Addams são clientes, está em sérias dificuldades financeiras. Como os credores de Alford, Abigail Cravene o filho Gordon estão dispostos a fazer qualquer coisa para receber o dinheiro, o advogado tem uma ideia ao notar que Gordon é muito parecido com Fester, o irmão perdido de Gomez Addams. Assim, Gordon finge ser Fester para tentar encontrar a fortuna da família, mas Wednesday Addams, a filha mais nova da família não se deixa levar pelo plano do advogado, juntamente do irmão, Pugsley Addams, e enganar os Addams, se torna uma tarefa complicada.


The Addams Family Values (1993)


Com a chegada de Pubert, o novo bebê do casal Addams, Gomez e Morticia ficam bobos





de contentamento pelo garoto bigodudo e decidem contratar uma babá para cuidar do mesmo, porém Fester e apaixona por Debbie Jilinsky, a babá sensual que foi contratada. Mas Wednesday, juntamente de Pugsley, descobrem que Fester corre o risco de ser usado por Debbie, uma aproveitadora, que pretende dar um golpe e tem ideias maquiavélicas sobre o futuro do tio. Paralelamente, Pubert é rejeitado intensamente pelos irmãos, e sofre com as brincadeiras sádicas dos mesmos, principalmente por parte de Wednesday. O futuro da família corre um sério risco quando Debbie se casa com Fester e envia as crianças para o último lugar que desejariam estar, um acampamento de verão.



The Addams Family Reunion (1998)




Gomez e Morticia preparavam tudo para as férias, quando foram surpreendidos por outro convite: uma reunião familiar. Só que ao chegar, eles descobrem que a reunião não é da família Addams, e sim da família Adams, completamente diferente da sua.

Sinceramente não gostei muito desse terceiro filme principalmente pelo fato da mudança drástica de elenco, como já estava acostumado com o elenco dos dois primeiro filmes, senti bastante falta da Christina Ricci, porém o mesmo me trás bastante nostalgia de épocas que não voltarão mais.




A Família Addams é um clássico que marcou a infância de muitas pessoas, eu sou uma dessas pessoas, e esse é um dos motivos ao qual sou tão apegado a essa série e filmes. Eu tinha apenas cinco anos quando ouvia na TV a propaganda anunciando que ia passar algum dos três filmes, e ficava a tarde inteira ansioso esperando apenas para matar a saudade da Wednesday, onze anos se passaram, e nessa questão, nada mudou.


terça-feira, 25 de março de 2014

Mary Bell: A assassina mais jovem

Mary Bell tinha apenas 10 anos - na verdade, um dia antes de completar 11 anos de idade - quando cometeu seu primeiro assassinato. Voltou a matar com 11 anos. Suas vítimas foram dois garotinhos, Martin Brown de 4 anos e Brian Howe de 3 anos. Houveram outras acusações de tentativas de estrangulamento dela contra quatro meninas. A crueldade de seus atos em combinação com sua pouca idade, tornaram seu caso muito expoente, havendo as mais variadas teorias sobre sua postura social e psicológica. Seria ela um monstro ou vítima das circunstâncias? 

Mary Flora Bell nasceu em 26 de maio de 1967, em Newcastle Upon Tyne, Scotswood, Inglaterra. Nascida em um lar completamente desestruturado, era filha ilegítima de Beth Bell, uma prostituta de 17 anos de idade e mentalmente perturbada, além de ser ausente. Bell nunca chegou a conhecer seu pai. Mary e seus irmãos tratavam o padrasto, Billy Bell, como tio, pois assim a mãe dela receberia auxílio do governo. 


domingo, 23 de março de 2014

Faces da Morte

Reservei alguns filmes para ver durante esta madrugada como de costume, e dentre eles está um documentário que já assisti diversas vezes e gostei bastante, o Faces da Morte.


Faces da Morte foi lançado em 1979, é um documentário no estilo de shockumentary, o mesmo mostra as diversas faces da morte, que interpreto como as maneiras de se 
morrer, e também mostra friamente e sem censura essa realidade que é a única certeza em nossas vidas, a morte. O filme ganhou outras quatro sequências e foi proibido em diversos países por mostrar a verdade de uma maneira tão explícita. 

Deixarei aqui as descrições originais do filme pelo fato de serem bem diretas, e os filmes completos para quem quiser ver.

sábado, 22 de março de 2014

Banda Maldita


São diversos os aspectos que me chamam atenção nessa banda, e diversos os motivos ao qual a considero minha banda favorita, um desses motivos é a ligação que a banda possui o com o terror, a mesma possui fortes influências em filmes de terror, inclusive o nome original da banda era Malachi (um personagem do filme A Colheita Maldita), porém os integrantes resolveram mudar o nome, pois achavam que não fazia sentido ter um nome inglês em uma banda tão diferente, justamente por possuir letras em português, e assim nasceu a Maldita.

Os integrantes da banda atualmente são: Vidaut (baterista), Magrão (baixista), Lereu (guitarrista), Fernando (vocalista), Erich (vocalista).


A banda lançou até agora três álbuns e um EP, que são:



sexta-feira, 21 de março de 2014

Primeiramente devo fazer uma breve apresentação, acho isso um pouco desnecessário, mas enfim, sou praticamente apaixonado pelo terror em geral desde pequeno quando sentia uma leve atração por esqueletos (nada de necrofilia), eu gostava da sensação que sentia quando entrava em um lugar vazio e escuro, ou quando via algum filme de terror, essa sensação eu descobri mais tarde que se chamava medo. Fui uma criança normal durante toda a minha infância, com a diferença de que sempre gostei de coisas um pouco fora do comum, um exemplo é minha paixonite desde os cinco anos pela Wednesday de A Família Addams. Não contarei diretamente minha vida pessoal aqui , e em diversos casos deixarei vocês curiosos, pois algo que gosto é mistério.

Considero esse um blog um pouco pessoal, pois nele vou expor minhas ideias, preferências e opiniões, o tema central que vou tratar aqui é terror sem rótulos, terror de todos os gêneros, possuo outro blog que trata do mesmo assunto (Entrando na Escuridão), porém é algo mais superficial onde falo com mais formalidade e busco levar o conteúdo ao meu público, já aqui pretendo ser menos formal, me conectar mais ao público, e  expor mais minha opinião.

Sobre o nome do blog, escolhi este nome pois me pareceu bem interessante, mortalha é uma espécie de manto que envolve o cadáver de um morto, e também existe uma lenda que muitos comentam em minha cidade, sobre a rasga-mortalha, que consiste em uma coruja que sobrevoa por casas e emite um barulho que se assemelha ao barulho de um tecido sendo rasgado, dizem que quando a ave emite esse barulho sobre uma casa, algum morador da mesma morrerá em breve, isso me parece bastante interessante, muitos possuem o medo da morte, mas não entendem que ela é só o fim de um ciclo, o ciclo da vida, acredito que não devemos nos preocupar com a morte, mas sim com a vida, devemos valoriza-lá enquanto a possuímos, é por isso que a morte me encanta, ela me permite aproveitar a vida.

Voltando ao assunto central, esse blog não possui o intuito de agradar ninguém, porém se você gosta de terror em geral, tenho certeza que agradará você. Sei que vou me arrepender, mas caso queira me conhecer melhor, pode me seguir no facebook ou twitter.