terça-feira, 12 de abril de 2016

A Grande Fuga de Alcatraz - Você Sabia?


A Prisão de Alcatraz foi uma das penitenciárias mais seguras do mundo até que, certo dia, ocorreu uma grande fuga que marcou a história. Conheça agora todos os detalhes deste histórico acontecimento e surpreenda-se


Conheça o festival gastronômico chinês onde a principal atração é carne de cães


O festival de carne de cachorro de Yulin, onde cerca de 10 mil cães são abatidos para serem servidos aos visitantes, muitas vezes é erradamente encarado como uma antiga tradição chinesa. Os estimados 130 milhões de cães da China, pelo menos 27 milhões são animais de estimação urbanos. Como os jovens precisam se mudar para as metrópoles em busca de melhores oportunidades, acabam encarando os animais como companhia na ausência da unidade familiar.

Com o novo vínculo, esta nova geração de chineses veem cães e gatos como indivíduos merecedores de compaixão. Mais importante, eles são encarados como amigos, e não como comida. O comércio de carne de cachorro é uma séria ameaça para a saúde humana, e as autoridades chinesas têm todos os motivos para estar do lado dos defensores dos animais, já que o país tem a segunda maior incidência de raiva em humanos do mundo.

Neste ano, centenas de tuítes têm sido postados usando a hashtag #StopYulin

Eles dizem que o comércio de carne de cão é ilegal, não regulamentado e cruel. Muitos afirmam que os animais abatidos são bichos de estimação roubados ou animais ‘vadios’ e doentes.

Uma das vozes mais fortes é a do grupo americano de defesa dos animais Duo Duo (que já recebeu mais de 215 mil assinaturas) pedindo o cancelamento do evento. 

Mesmo com todas essas petições, o evento ocorreu de qualquer maneira.

Aviso: O conteúdo desta matéria pode ser forte para pessoas sensíveis


terça-feira, 5 de abril de 2016

80 dos quadrinhos mais doentios e bizarros de Joan Cornellà


Joan Cornellà é um ilustrador de Barcelona que produz quadrinhos nada comuns, a maioria com um sentido oculto e grotesco, são personagens, cenários e situações meio que perturbadoras. 

Suas obras são recheadas por um humor negro, sarcástico e perturbadoramente surrealista, e tal talento não é de hoje, o mesmo afirma que carrega esse talento incomum desde a infância:

"O que você costumava desenhar quando criança?" - perguntaram a Cornellà. e sua resposta foi:

"Eu acho que você me perguntou isso porque há sangue em minhas histórias em quadrinhos, e você acha que eu tive uma infância traumática. Ok. Bem, eu costumava desenhar serial killers assassinando pessoas inocentes e pedófilos estuprando unicórnios, e unicórnios estuprando e matando assassinos e pedófilos e outros unicórnios."

Confira a seguir alguns dos trabalhos do tal estranho ilustrador