segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Jovem é morto por amigos em "cerimônia satânica"

Corpo do rapaz, encontrado em março de 2016

Hoje trago mais um caso bizarro que encontrei enquanto lia alguns de alguns blog parceiros do Mortalha e, acabei me deparando com esse caso em especial no Dimensão do Medo, resolvi então compartilha-lo com vocês, para acessar e conferir o blog basta clicar no nome do mesmo. Vamos ao que interessa;

A polícia do México prendeu três pessoas acusadas de matar um amigo ao tentar transformá-lo em vampiro durante uma cerimônia satânica. Sim, você leu exatamente isso, parece piada de mau gosto mas, ao que tudo indica, é verdade.



Funcionário de um restaurante, Edwin Juarez Palma, de 24 anos, foi morto após ser espancado, torturado e estrangulado dentro de uma lan house chamada Freak Shop. O corpo foi encontrado no sábado no dia 5 de março do ano passado (2016).

O crime bárbaro ocorreu na cidade de Chihuahua (sim, também estranhei o nome), no norte do país. A adolescente Iveth Lopez, de 18 anos, está entre os presos. Os outros dois são Gustavo Dorantes, também de 18 anos e Omar Sanchez, de 25 anos. De acordo com as leis do país, esses jovens podem passar até 40 anos atrás das grades.

Acusados do homicídio, capturados pela polícia

A polícia diz que Edwin foi morto após aceitar participar de uma espécie de ritual de iniciação para ingressar na seita satânica. Durante o processo, ele foi convencido de que precisava ser sacrificado para retornar à vida como um vampiro.

Um colega de trabalho do rapaz lamentou sua morte e afirmou não se preocupar com os gostos de Edwim. “Ele era uma pessoa honesta e sempre tentava se manter longe de problema. Seu interesse em vampiros era apenas um hobby e nada mais”, disse.

Uma quarta pessoa está sendo procurada pela polícia. Segundo as autoridades, ela seria a chefe da seita satânica conhecida como
Filhos de Baphomet.

Foto da vítima retirada da internet

Acredito que a história da seita seja apenas uma desculpa dos jovens para cometer tal atrocidade, não vejo indícios maiores que justifiquem o caso, eles queriam matar alguém e essa foi a melhor forma que encontraram (essa é minha humilde opinião).

Adaptado por David Alves Mendes de Dimensão do Medo